Ligação Ancestral - UMBANDA

Blog que disponibilizará artigos sobre a Umbanda, liturgias afro-brasileiras e outros assuntos semelhantes.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Ponto riscado - Por Pai Carlos D'Ogum (Carlos Pavão)



O ponto riscado é um grande enigma dos guias espirituais que atuam na Umbanda, através dele se encontram diversos significados, os principais são as origens do guia espiritual.
São como um desenho, onde nele estão figuras que trazem significados individuais a respeito do guia espiritual e em algumas ocasiões traz um significado relacionado a algum trabalho espiritual específico. Todo guia espiritual tem o seu ponto riscado, que é como sua digital. Porém, muitas vezes, esses pontos riscados tornam-se variados, pois, o guia espiritual ao riscar um ponto, pode demonstrar através das figuras nele desenhadas, sua origem e enigmas de seus trabalhos espirituais, tanto no conteúdo individual como dentro da energia que seu médium (veículo) pode obter em relação à coroa espiritual, guia de frente (mentor) e outros preceitos.
Há muitas figuras depositadas num ponto riscado, nas quais se encontram em outras vertentes religiosas, e até mesmo símbolos que têm passagens em lugares que não coligam a Umbanda, mas é importante citar que, isso não significa uma relação exata à origem do símbolo em questão, mas sim uma praticidade de seus diversos significados, por exemplo: é comum em pontos de Pretos Velhos ver a conhecida Estrela de Davi, esta obtém diversos significados, mas um deles é simples e marcante, que abrangeu por muito tempo a teoria da reencarnação, e os Pretos Velhos por obterem em suas designações a ligação com as almas, demonstram numa coletividade o significado da Estrela de Davi na Umbanda, por muitas vezes relacionada ao processo de reencarnação que as almas passam, onde os Pretos Velhos estariam coligados a ele, por conta de ampararem as almas às suas devidas designações, demonstraria no ponto, o envolvimento dos Pretos Velhos com as almas.
Há quem queira complicar tudo isso, por conta de querer explorar toda a simbologia das figuras, mas, no que se trata de Umbanda, tudo se torna mais prático e dinâmico, e às vezes procurar demais respostas intelectuais nos pontos riscados, pode fazer com que o simples se torne numa complexidade inexistente.

Existe a complexidade num ponto riscado? Sim, ela existe. Mas, deixemos que os autores da obra a explique, pois, querer explicar a obra prima dos outros, pode causar uma grande controversa naquilo que ela realmente significa e representa...

Os autores dessas obras primas são os melhores professores para decifrá-las, deixemos que os guias espirituais nos deem esta explanação, pois esta é uma de suas funções em relação aos pontos riscados e seus enigmas!

Carlos Pavão